A Sós Com Dulceida 2

A Sós Com Dulceida

Dulceida tem 2,três milhões de seguidores, uma assinatura de roupa própria, um festival com seu nome, um canal de Youtube com 1.793.644 assinantes, um livro e 2 perfumes. Vem sendo imagem de Dolce & Gabbana Beauty, fez parcela da equipe do programa de moda ‘eu Quero ser’, tem desfilado para Ze Garcia e, a cada temporada as empresas mais interessantes do mundo da convidar seus desfiles. Se tudo isto te deixou com a boca aberta, é possível que saber que Aida Domenech prontamente conseguiu fazer de Dulceida um empório de moda e lindeza com somente vinte e oito anos te faça piscar com incredulidade.

Se você chegou a esse parágrafo e imediatamente está escrevendo um comentário a respeito do que notar que a tua existência não depende dos gostos ou as mídias sociais, diremos que as nossas, não. Teste a dizer de Dulceida em seu grupo de amigos para investigar que com ela não há meio-termo: ou a odeiam ou amam. Mas, olho, conhecê-la, a conhecem.

  • Um site, treine tua aptidão pra organizar ideias, sintetizarlas e-las pros outros
  • Seguir os padrões de posicionamento de seus clientes, e não apenas os da concorrência
  • Ou post: Duzentos cliques / 39000 alcançam * 100% = 0.51% de taxa de conversão
  • O Advergaming,[4] que usa jogos para oferecer um produto ou marca
  • O Chori, decepcionado com Passarella e Almeyda
  • Cristina López Ferrar A residência de papel (Netflix)

Seus detratores aproveitam cada deslize pra atacar, sempre que seus seguidores, que apreciam sua naturalidade acima de todas as coisas. É irreal jantar ou comparecer para a avenida com ela sem que uma infinidade de fãs parem pra fotografá-la, algo que faz sem ares de diva e sem limpar teu rosto com uma vasto sorriso.

“Estou muito feliz por me empregar ao que me emociona e por poder fazer sorrir tantas pessoas. Quando recebo comentários de suporte ou me mandam histórias preciosas, me dou conta de que realmente compensa poder amparar a tantas pessoas”, garante. Ficamos com ela pra comentar de moda, durante o tempo que há novas fotos para suas redes. Apenas são necessários alguns minutos pra que o teu fotógrafo de família, Albert Mullor, comece a fotografia perfeita. Escolha um blazer XL laranja de Asos para uma das imagens, o mesmo que seu amigo Jedet luce minutos mais tarde, em uma foto que também faz parte já do feed do Instagram.

Aida foi uma das afortunadas em permanecer com as cobiçadas peças da colaboração de Balmain junto a H&M, contudo não foi acessível consegui-lo. “Eu me lembro que estava pela primeira fila com Mario Vaquerizo e que fizeram uma contagem regressiva. Saímos correndo como um demente e eu comprei um blazer preto de tamanho 32, apesar de meu tamanho é a 34-36. A verdade é que o peté”, diz entre risos. Seus looks combinam peças low cost com acessórios de marca.

Mas é comum vê-la nos desfiles dos grandes, Dulceida costuma apostar pela moda acessível. “A minha marca -Dulceidashop – é low cost. Isso de deslocar-se com um look total marca não é o meu, a não ser que o look seja uma passada ou levá-lo pra um desfile. No meu cotidiano, inclusive até quando eu irei pra fashion weeks, levo roupas de Asos e da Zara, que combino com um acessório de assinatura. Eu sou das que acreditam que com o dinheiro que você tem, o mais legal é apanhar o máximo de peças possíveis”, garante. Nós discutimos que, como influencer, ter acessórios e projetos de assinatura tem de ser muito acessível.

Rate this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima