"As Artes Marciais Mistas São: Humildade, Respeito, Educação E Muita Cavalheirismo" 2

“As Artes Marciais Mistas São: Humildade, Respeito, Educação E Muita Cavalheirismo”

As artes marciais mistas (MMA, na sigla em inglês) é o esporte que mais crescimento experimentado nos últimos anos. Uma disciplina amada por uns e denostada por outros, que talvez por desconhecimento -ou não – é algumas vezes incompreendida. Por isso, nesta ocasião mais do que nunca, era necessária uma explicação.

é Assim que nasce “do MMA, uma história de sucesso”, um livro que viu a iluminação pela mão do evento Diego Ortiz e que almeja ser um guia essencial para se este jovem esporte. Este fã das artes marciais descobriu o esporte aos 8 anos de idade e logo soube que sua existência ia estar ligada aos esportes de contato. Suas primeiras aparições no rádio foi em 1995, contudo, em seguida, entre 2003 e 2009 foi narrando jogos de futebol da Primeira e Segunda divisão por toda a Espanha.

Há mais de doze anos de idade, tua verdadeira paixão era ainda uma amplo desconhecida no povo, foi deste modo quando começou a escrever seus primeiros posts de MMA e a favorecer com incontáveis meios de comunicação especializados do Brasil e dos EUA “MMA Português”, uma página de divulgação de Facebook onde a respeito da mais de 110.000 fãs toda a actualidade das artes marciais mistas, e que, logo depois, complementou com o teu canal do YouTube.

  • ° Estudos elementares e superiores do Magistério de Primeiro Ensino
  • 1996-97: Falling into You Tour
  • Koke continua a trabalhar à margem
  • Acariciando um utensílio

Mas eu queria mais. Traduzir golpe de trabalho a tua paixão e fechar uma dívida pra com os seus simpatizantes. “Há um conceito um tanto falso do artista marcial, há várias pessoas que pensam que é um bandido, que é uma pessoa soberba, arrogante, e nada mais afastado da realidade. É tudo o inverso.

E gente normal”, explica Ortiz. O evento começa seu livro descrevendo do ser humano e de seu instinto de guerra na sobrevivência que, comparado ao resto dos animais. E a partir daí o ligam com os primeiros eventos que se fizeram”. Após mencionar sem stress da história do MMA, Ortiz reserva um espaço para a auto-motivação. “Estou inteiramente convencido de que a apoio de discernimento, se você quer fazer um sonho, tudo o que deseje você vai se seguro”.

A origem do termo artes marciais mistas é clarificado pelo escritor ao longo do livro. Existe alguma controvérsia entre quem foi o primeiro que cunhou o conceito. Todavia, depois de um estudo aprofundado, Ortiz concede-lhe esta homenagem a Howard Rosenberg, que foi Prêmio Pulitzer em 1985, porque é o texto mais antigo que se tem entendimento, e foi publicado no Los Angeles Times. “Ele foi muito rapidamente destruído e enviado por um mato do mestre do jiu-jitsu, Royce Gracie, cuja família é sinônimo do esporte no Brasil natal, onde os campeonatos de artes marciais mistas são comuns”, diz o texto.

Surpreende os fãs e praticantes da rejeição que suscita a cota da sociedade, esse tipo de esporte, que continua a ser considerada como grave. “Poderíamos expressar que é minoritário no Brasil, no entanto se você vai para os Estados unidos ou até mesmo a Inglaterra não o é”. “Pode-Se achar desta maneira, se o compararmos neste local com o futebol, porém a nível local. A nível mundial considero neste momento um dos esportes rei e a prova disso é que a venda do UFC foi a transacção económica de maior quantidade em conexão a empresas desportivas”, esclarece o autor.

As artes marciais mistas (mma) vêm do “valetudo”, em que os lutadores se enfrentavam sem nenhum tipo de proteção, onde as normas brilham por sua falta. Não obstante, com a profissionalização desta disciplina, foram introduzidas regras para poder fazer um esporte mais colorido e menos violento. Uma cota muito respeitável nesta prosperidade a tiveram, da família Gracie, inventores do jiu-jitsu (arte marcial japonesa, fundado em técnicas e alavancas no chão).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima