Carmena E Colau, As Alcaldesas De Facebook 2

Carmena E Colau, As Alcaldesas De Facebook

A primeira pessoa que seguiu a conta oficial do Twitter de Manuela Carmena foi Ada Colau. Era a melhor pessoa do que entender o que uma não-política que queria tornar-se política podia fazer com as redes sociais. Nesse momento -início de 2015 – nenhuma das duas era prefeita. Neste dia vinte e quatro de maio, se cumpre um ano desde as eleições municipais que levaram à transformação nos 2 maiores Municípios de Portugal, e muitas coisas mudaram desde sendo assim pela política. A título de exemplo, os prefeitos não só se dirigem aos cidadãos através de conferências de imprensa ou de bandos, mas que lhes contam as coisas pelo Facebook.

A Rosa é leva a cada dia pra lhes 2h do matí i obre o mercat. Mais de 31.000 pessoas compartilharam dessa publicação, em tuas paredes e algumas 82.000 reagiram com likes. Colau não fez nenhuma declaração sobre o assunto nos meios de comunicação, todavia preferiu fazê-lo diante uma audiência de mais de 280.000 pessoas: as que se seguem na sua conta de Facebook.

“O Facebook das alcaldesas Carmena e Colau é a versão online e atualizada, o que um dia foram os bandos municipais dos prefeitos. Alguns deles com forte conexão cidadã como Enrique Tierno Galván, graças à qualidade e riqueza de seus textos, com vocação literária”, indica o analista político Antoni Gutiérrez-Rubi. Aqui encontramos um exemplo da linguagem do mítico presidente da câmara de madrid. Os Reis têm me trouxe a oportunidade de continuar trabalhando por um @Madrid mais digno e contrário. Em Barcelona, além de Colau, duas pessoas se ocupam de suas redes.

As duas têm adicionam separadas da câmara Municipal e de teu partido. Em Madrid uma equipa de três pessoas por cota dos perfis em redes de Carmena, em coordenação contínua por intervenção de um grupo de mensagens instantâneas. São pessoas de Agora Madrid que trabalham como eventuais no gabinete de comunicação da Prefeitura, e se ocupam assim como de responder a imprensa e redacção de conteúdos.

Mas há assim como diversas diferenças: as contas de Ada Colau (280.000 seguidores no Facebook e 400.000 no Twitter) refletem a transformação de ativista política. Enquanto as redes de Manuela Carmena (143.000 no Facebook e 451.000 no Twitter) surgiram meses antes da campanha eleitoral. A primeira mensagem no Twitter da catalã foi em 2010 e foi em defesa do Pátio Maravilhas. A espera era uma declaração de intenções que poderia ser um slogan político.

  • Stand Up To Cancer
  • A capacidade de voltar a acordos entre todas as sensibilidades políticas
  • 1 – Aposta dos minis videos
  • Youtube: Call of Duty Championship 2013

Lembre-se: Concentração pacífica de suporte ao Pátio Maravilhas hoje, às 20h, pela praça dois de Maio. É possível reinventar a política, e vamos fazê-lo entre todos. Mas, você de fato é tão diferenciado do que ocorre com outros políticos? A chave está na comunidade e o debate que despertam as tuas publicações.

“Há uma predisposição cidadã para a escuta e a atenção por parte dos administrados, que esperam de seus prefeitos proximidade, insistência, disponibilidade e sensibilidade. Colau e Carmena constataram esta tecla digital. Você está indo muito bem assim como, no entanto a diferença é que, durante o tempo que as redes de alcaldesas servem pra gerar conversa, Cifuentes o faz de uma forma mais vertical, mais hierárquica. Quem veste a sua mensagem é o militante clássico, como o que se segue a outros políticos, como acontece com Paulo, Igrejas, a título de exemplo. Facebook permite grandes possibilidades pra segmentação. Não me cabe incerteza de que uma gestão inteligente e detalhado de dados vai permitir dispor de bancos de detalhes muito confiáveis pra comunicação direta e personalizada. No presente (institucional)… e no futuro (eleitoral).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima