Como Lutar Contra A Fraude Publicitário, Um 'negócio' De 5.000 Milhões De Euros 2

Como Lutar Contra A Fraude Publicitário, Um ‘negócio’ De 5.000 Milhões De Euros

a Internet é um ambiente abundante em armadilhas. A publicidade digital não está a salvo delas. A fraude publicitário ‘custou’ em torno de 6.500 milhões de dólares em 2017, segundo a Associação Nacional de Anunciantes dos EUA (ANA). A mesma organização estima que, em um mercado maduro como os EUA, 9% de visualizações de anúncios digitais e 22% das de video são falsas.

Como definir este fenômeno? Existem diversos tipos de truques publicitários, explica Monteiro-Galego. O mais claro é o produzido pelo tráfego não humano. Quer dizer, visualizações de anúncios que não são pessoas, todavia de máquinas. Bots’ programados pra navegar na rede e cumprir com impressões -visitas – de anúncios. A partir de nesse lugar, a coisa se complica.

Existe também o ‘pixel stuffing’. Isto é integrar um anúncio de tamanho extenso em um espaço de 1×1 pixéis. Por isso recebe visitas -impressões em linguagem publicitária – mas um usuário não poderá vê-lo. Combinado com visitas falsas ‘bots’ a mistura é uma bomba. Outra prática fraudulenta parecido à anterior é o ‘ad empilhamento’. Isto é, a sobreposição de anúncios do mesmo tamanho. Deste jeito é possível adquirir visitantes para vários anúncios, mesmo que o usuário só visualize a primeira, que esconde o resto.

  • você Ainda está sem consumir
  • Melhore tuas páginas de destino e de vendas
  • PI. ULSA.- Parque de Inovação da Universidade de La Salle
  • 3 Negócios a partir de Casa
  • Olimpíadas Nacionais (Representando Hidalgo): 2015
  • Porque você conseguirá se conectar a seus cobranças diretamente com o banco
  • 1980: Héctor’s Gold

Como não é o mesmo que colocar um anúncio numa página que em outro, existe o ‘domain spoofing’. Isto é, simbolizar domínios pra parecido que um anúncio foi apresentado em uma internet específica, se bem que, na realidade, se visualize em outra. Um quinto tipo de fraude mais comum é o de localização. Os anunciantes, muitas vezes, querem impactar o usuário de um instituído povo. Os especialistas em fraude sabem como simular o tráfego é desse nação, a despeito de, na realidade, aqueles que vêem o anúncio são de outro. Este tipo de fraude é possível controlar em pequena escala.

Se um meio, a título de exemplo, contrata campanhas diretamente com anunciante ambos garantem-se de que as visitas vão ser, na sua maioria, confiáveis. Os defeitos chegam no momento em que crescem os intermediários. Mais elos da cadeia publicitária-centrais de mídia, distribuidores, redes – mais perspectiva de enganos. A extenso contradição chega bem no momento em que se trata de publicidade programática.

Em hipótese, quando um anunciante recorre a esse tipo de venda publicitária compra pessoas que vêem anúncios, não espaços onde colocar suas campanhas. Mas como a internet está cheia de arapucas, é na publicidade programática, onde mais problemas de fraude ocorram. Não é por sorte, em razão de é onde intervêm mais intermediários. O problema é enorme.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima