New Epidemic Or New Myth? 2

New Epidemic Or New Myth?

A dieta (do lat. diaeta, e este do grego: No caso da alimentação humana, a dieta retrata grandes variações históricas e geográficas de acordo com fatores culturais, individuais, ambientais, econômicos, familiares, de disponibilidade de alimentos e outros. A dieta humana é considerada equilibrada proporciona os nutrientes e energia em quantidades tais que permitem preservar as funções do corpo humano em um tema de saúde física e mental. Esta dieta equilibrada é típico de cada sujeito e se adapta a seu sexo, idade, peso e situação de saúde. No entanto, existem grande quantidade de fatores (geográficos, sociais, económicos, patológicos, etc.) que sugestionam o equilíbrio da dieta.

As dietas (quantidades e variedades de alimentos a consumir), são utilizados pro tratamento e cautela de diversas patologias (dietoterapia) e para encaixar a alimentação para muitas ocorrências fisiológicas. Os hábitos alimentares implicam um papel significativo sobre a saúde e doença de um cidadão, os quais são condicionadas por grande quantidade de fatores, o estado de saúde, a ocorrência económica, a nação, a cultura e a religião). Etimologicamente a frase “dieta” vem do grego dayta, que significa “regime de existência”.

Se aceita como sinônimo de regime alimentar, que faz alusão ao ‘conjunto e quantidades de alimentos ou misturas de alimentos que se consomem habitualmente’. Também poderá fazer referência ao regime que, em definidas situações, executam pessoas saudáveis, doentes ou convalescentes no ingerir, ingerir e dormir. Parece que alguns hominídeos europeus (Espanha, França e Alemanha), como o Homo antecessor, praticavam o canibalismo. Assim o atestam os sítios arqueológicos da Serra de Atapuerca (Portugal), por meio do estudo das marcas nos restos ósseos encontrados pela caverna do Grande Dolina.

  • Cem Gramas de peito de frango ao forno
  • 11 Dieta de Atkins
  • Adoçantes artificiais
  • 13 Flexões de crossfit
  • 1 xícara de sorvete de baunilha (sim, a sobremesa!)
  • Dez Para o ponto 14
  • 1 Exercício para perder peso – CrossFit

Possivelmente, esta prática não é atribuível à ausência de alimentos e não tinha cada vontade ritual, todavia que foi feita com o que se tem chamado de “canibalismo gastronômico”. Portanto, pode ser considerada como a referência mais antiga do canibalismo pela Europa (mais de 800.000 anos de idade). Devido às suas limitações biológicas, foi essencial que a espécie humana inventara armas pra por isso poder caçar outros animais e que descobriu como fazer fogo para cozinhar. As características fisiológicas da atual espécie humana, o Homo sapiens (humanos modernos, morfologia da mandíbula e dos dentes ou da mão) têm condicionado a sua dieta.

Essas características facilitaram as técnicas de coleta e de caça, predominando o consumo de alimentos de origem animal. Ao longo do Neolítico produziu-se uma evolução nas suas técnicas de obtenção de alimentos ao construir os métodos agrícolas e pecuários, com o que também mudou de um padrão nômade para outro sedentário e tua dieta foi mais variada. É uma dieta que cumpre com as seguintes características: completa, equilibrada, inócua, bastante, variada e adequada.

Completa cita-se que precisa conter todos os nutrientes necessários. Em vista disso se recomenda combinar os três grupos de alimentos por refeição. Variada, quando os alimentos do mesmo grupo são trocados nas diferentes refeições do dia. É considerada suficiente quando se precisa comer a quantidade bastante pra cobrir as necessidades energéticas do corpo, com o foco de alcançar o desenvolvimento e manutenção adequada. Equilibrada, é quando para uma melhor digestão e metabolismo, precisa ter a proporção recomendada de alimentos que, por sua vez, comunicará seus nutrientes.

Adequada se expõe que precisa estar segundo a idade da pessoa, atividade física, costumes, etc . Inócua expõe-se a que o seu consumo diário não implique riscos à saúde. Geralmente nós nos referimos a “dieta” como sinônimo de uma privação parcial ou quase total de comer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima