Porque Ao Fim E Ao Cabo 2

Porque Ao Fim E Ao Cabo

Vinte de janeiro de 2010.- Há quem ainda sonhe que a vacina do sarampo razão autismo, a da gripe A é tóxica e a Terra é plana. Quando os humanos decidimos crer em qualquer coisa, tende a ser penoso de nos fazer mudar de opinião. Eu vi estes dias em alguns debates em que participei e certas perguntas do encontro sensacional digital que fizemos a semana passada estavam certamente nesta direção.

Os cientistas não nos desejamos permitir este luxo. Agarrarmo-nos a um estudo, uma hipótese ou um efeito, é contraproducente e perigosa: temos que atualizar nossas hipóteses à capacidade que descobrimos novos detalhes. Deste jeito, a compreensão de que muitas vezes o público tem dos pesquisadores algumas vezes, é a de que somos uns personagens dubitativos e abalados, e isso gera muita desconfiança.

  • Cinco Duração do pacote e opções extra para teu web site
  • Numancia 3-0 Elche: Julio Álvarez quer playoffs
  • O acordar
  • Produzir os serviços e produtos
  • 1 sete Ferramentas pra pesquisar tuas redes sociales1.1 Addmefast
  • Apagar seções construídas por omissão
  • Negociação de medidas de igualdade retributiva
  • 18:30.- FUTEBOL, PREMIER, SUNDERLAND-ARSENAL, Digital Plus

O vimos sobejamente a recente pandemia de gripe. Como exemplo de que a saúde é um campo de estudo muito dinâmico, vale a pena ver novamente alguns dos estudos que pouco tempo atrás tem sido posto em razão. Você alegou há insuficiente de que a Síndrome de Fadiga Crônica que podes estar causando um vírus. Há muitas semanas foi publicado um post na revista Science, com resultados opostos ao estudo inicial. A coisa de instante, não está nada clara. Mas, como costuma ocorrer nestes casos, alguém tinha decidido pegar proveito econômico da descoberta, ainda antes de que se corroborara o postagem inicial: uma clínica estava tomando 650 dólares para detectar a presença do vírus responsável.

As pessoas que acreditaram nesse diagnóstico incertamente vai levar em conta que quem sabe seja completamente inútil. Também há longo tempo que se diz que “queimar” as gorduras ajuda a perder peso mais rapidamente e há comprimidos no mercado que exploram esta hipótese. Muitos médicos duvidaram desde o princípio que isto seja verdade e acaba de ser publicado um postagem que apoia o seu ponto de vista. É o defeito da ciência: não poderá continuar com a primeira coisa que você lê.

Para estar em dia há que estar atento às novidades e, sobretudo, manter a mente bem aberta. Salvador Macip é médico, cientista e escritor. Doutorou-Se em Genética Molecular na Universidade de Barcelona e na atualidade trabalha em teu próprio laboratório da Universidade de Leicester, Reino Unido, onde é professor de Mecanismos de Morte Celular.

Dois pesquisadores observam um rato de laboratório. Da mesma maneira que foi possível criar um arroz transgénico que permite guerrear contra a cegueira causada pelo défice de vitaminas, imediatamente podemos utilizar os animais pra dar um remédio a quem necessitar. Vamos olhar que surpresas nos reserva esta técnica no futuro.

Durante o ano anterior, também se concluiu que não há nenhuma prova científica de que o timerosal, um aditivo que se coloca em novas vacinas, causar autismo. A mudança de ano é assim como um excelente momento para fazer um balanço do web site Investigação. Como era de se aguardar, a entrada de mais clientes resultou foi que eu falava do acontecimento estrela do ano, a gripe pandémica H1N1. Outros blogs da mesma secção têm tratado o tema mais a fundo, do ponto de visibilidade do choque social e de saúde.

em 2010 continuaremos pela mesma linha, postando notícias de atualidade científica no campo da busca, sobretudo aquelas que podem incidir de forma mais essencial no tratamento de nossas doenças. O início continuará a ser o de clarificar conceitos e mostrar de modo direta as informações disponíveis pra que os leitores possam tirar tuas próprias conclusões, que eu acredito que são as obrigações de todo divulgador. É essencial fazer pontes entre os cientistas e o público, e este website é só uma tentativa de cooperar para esta aproximação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima